terça-feira, 24 de julho de 2012

Na verdade somos um só


A verdade em mim é solida.
Penso em você quando estou em silêncio largo e profundo
Talvez devesse reservar um tempo para gostar mais de você,
Talvez devesse te levar nos braços até o último raio de sol,
Talvez eu pense em você amanhã de manhã
E liberte-me ao entardecer quando o vento passar
Roubando a tua essência de mim.

A verdade em mim é você.
Não presto atenção no tic-tac do relógio
O palpitar do teu peito interessa-me mais
A pulsação do teu corpo interessa-me mais
O teu respirar ofegante interessa-me mais.
O teu sorrir sem jeito interessa-me mais.
No fim tudo parece está morrendo,
Mas o tempo passa e tudo renasce.

Na verdade não somos mais os mesmos
Agora eu sou você e vice-versa.
E caminharemos juntos em torno da luz
E viveremos juntos a minha e a sua vida
E nos transcenderemos até as estrelas
E permaneceremos sob os domínios da luz
Por que a verdade em mim é solida.
A verdade em mim é só você.