domingo, 7 de outubro de 2012

Inverno





Aqueles dias em que o vento sopra tão bom,
O sol se encolhe e dorme um pouco mais.
A manhã prolonga-se e a vida custa a passar.

Aqueles dias em que as mulheres
Com o choro dos seus bebês despertam
E amamentam e sentem a utilidade especial
De ser mãe em um tempo frio de inverno.
Elas tercem a vida primorosamente.

Aqueles dias que o corpo congela
Permanecendo em seu estado
de preguiça constante.

O inverno aproximação dos corpos,
União dos casais por uma temporada
Inteira de necessidade um do outro
No longo espaço entre os cobertores.
O inverno é um tempo tão bom para os espíritos
Preguiçosos manifestarem-se.

Dissolução




Só enxergo o mundo bonito quando abro a porta dos fundos da minha casa à noite, em que o muro impede a visão das laterais me permitindo ver apenas o céu todo estrelado.