terça-feira, 1 de outubro de 2013

Sempre você



É sempre um prazer tê ver assim linda sem fim.
Mais nada acontece, não é? 
Somos desconfiados um do outro
Não queremos dar o braço a torcer
sei, vivemos tempos de pura confusão sentimental
é melhor deixar como está, sem mágoas.
e nesse silêncio de mim pra ti acabamos
tentados pela distâncias extrema
na solidão dos pensamentos lá outro cá.

É sempre um prazer tê ter por perto
se um dia eu te convidar pra sair 
é por que já não aguento mais pensar que não dar.
Estamos assim engasgados;
estamos aprisionando paixão;
estamos saindo pela contramão.
Mas eu sei, é essa coisa de relação confusa
de gostar agora é desgostar depois 
de viver agora é separar depois, tem razão
talvez o melhor é não nos precipitamos outra vez. 

É sempre um prazer te querer pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário